Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Dar o benefício da dúvida

Uma das primeiras reacções perante algo que nos assusta e que não queremos encarar é a negação. É tentar, e a maior parte das vezes conseguir, ignorar um assunto. Guardar aquele assunto numa gaveta dentro da nossa cabeça, fechar à chave e esconder a chave. 

Pode-se tentar por todos os meios ignorar um determinado assunto. Por algum tempo até pode resultar. Mas vai chegar a uma altura em que simplesmente temos de enfrentar esse assunto. Temos de encontrar a chave, abrir a gaveta e pensar sobre aquele assunto.

Mais concretamente nos relacionamentos interpessoais, começar a ter sentimentos por alguém, pode por vezes ser assustador. Perceber que queremos ser algo mais para aquela pessoa. Não me refiro apenas a ter um relacionamento, mas também a criar uma amizade. É, muitas vezes assustador perceber que afinal até se tem um interesse em conhecer aquela pessoa que até então se ignorou. 

Não conseguimos perceber como só agora nos ocorreu e não queremos aceitar que aquela pessoa é mais importante para nós do que nós queriamos admitir. Não admitiámos a nós próprios que aquela pessoa sempre nos chamou à atenção, que sempre esteve lá (mesmo quando não a queriamos lá ou quando nem sequer nos apercebiamos que estava lá). 

Parece um cliché mas, por vezes, ficamos tão presos a certas situações e a certas pessoas, que não vemos o que está a acontecer à nossa volta. 

Sair da negação acontece naturalmente, quando a parte mais teimosa do nosso cérebro finalmente cede e aceita que deve dar o beneficio da dúvida a determinada pessoa. Se calhar aquela pessoa não é assim tão má como sempre pensei. É assustador deixar a negação. É assustador arriscar e deixar alguém entrar na nossa vida. Mas, não se pode só pensar no que pode correr mal ao deixar alguém conhecer-nos. Tem que se pensar que também há um lado positivo. Aquela pessoa vai sempre ensinar-nos algo e se se mantiver na nossa vida, pode mesmo contribuir para a nossa felicidade e realização pessoal. 

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D