Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Rapidez

Aquela famosa expressão que as pessoas usam do "preciso de um tempo" é muitas vezes interpretada num sentido negativo. É interpretada no sentido de que a pessoa quer afastar-se e nunca mais voltar, mas muitas vezes a pessoa quer apenas um tempo para se afastar da situação e ver o cenário "de fora". Assim, vendo as coisas de uma diferente perspectiva talvez a pessoa volte. Pode voltar para a mesma posição que ocupava anteriormente ou pode voltar para uma posição diferente. Pode ter percebido que quer que as coisas continuem como estavam ou pode ter percebido que aquilo não era o que ela queria, pode ter percebido que quer aquela pessoa na sua vida mas não da mesma forma. 

O tempo é muito pouco valorizado. As pessoas querem tudo para ontem. Exigimos demasiado de nós próprios e exigimos demasiado dos outros. Estamos numa sociedade em que tudo é muito rápido, num instante ligamos o telemóvel e temos acesso a milhares de formas de comunicação. 

Por causa de toda esta rapidez do mundo nós temos de dar um tempo a nós próprios. Temos de perceber que não tem que ser tudo para ontem. Há questões, sobretudo no âmbito das relações interpessoais, que levam o seu tempo. Tanto com a família como com os amigos tem que se dar um tempo e sobretudo ter muita compreensão. 

Assim que nos encontramos a nós próprios tudo fica mais fácil. 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D