Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Soulmate

O mundo torna difícil que se acredito no romantismo. Que se acredite que se vai conhecer alguém que é só uma questão de tempo. Quando somos tantas vezes obrigados a deixar aquilo que gostamos e seguir por outro lado.

Vi uma frase no outro dia que me deixou a refletir: “tanta gente junta que não se ama e tanta gente que se ama que não está junta”.

O mundo está todo ao contrário. Porquê estar junto quando já não se gosta quando se podia estar com alguém que realmente se gosta? Porquê não estar junto quando se ama? O que impede as pessoas de estarem com quem realmente gostam?

Durante séculos, e conhecemos isso pela história, havia regras na sociedade. Havia os casamentos arranjados. Vemos isso até pelas novelas de época, as mulheres e os homens não podiam escolher o seu par. Tinham de se limitar àquilo que a sociedade ditava. O que nos impede hoje em dia de ficar com quem gostamos? Hoje em dia não há nem metade das limitações que existiam antigamente. Será que estamos num momento histórico em que há tanta liberdade que não se sabe o que escolher? Há um mundo de possibilidades e as pessoas até ficam baralhadas?

Acho que não se deve deixar de acreditar na soulmate. Ela existe, se calhar muitos de nós já a conhecemos, outros ainda vão conhecer. Mas ela existe.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D