Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Rapidez

Aquela famosa expressão que as pessoas usam do "preciso de um tempo" é muitas vezes interpretada num sentido negativo. É interpretada no sentido de que a pessoa quer afastar-se e nunca mais voltar, mas muitas vezes a pessoa quer apenas um tempo para se afastar da situação e ver o cenário "de fora". Assim, vendo as coisas de uma diferente perspectiva talvez a pessoa volte. Pode voltar para a mesma posição que ocupava anteriormente ou pode voltar para uma posição diferente. Pode ter percebido que quer que as coisas continuem como estavam ou pode ter percebido que aquilo não era o que ela queria, pode ter percebido que quer aquela pessoa na sua vida mas não da mesma forma. 

O tempo é muito pouco valorizado. As pessoas querem tudo para ontem. Exigimos demasiado de nós próprios e exigimos demasiado dos outros. Estamos numa sociedade em que tudo é muito rápido, num instante ligamos o telemóvel e temos acesso a milhares de formas de comunicação. 

Por causa de toda esta rapidez do mundo nós temos de dar um tempo a nós próprios. Temos de perceber que não tem que ser tudo para ontem. Há questões, sobretudo no âmbito das relações interpessoais, que levam o seu tempo. Tanto com a família como com os amigos tem que se dar um tempo e sobretudo ter muita compreensão. 

Assim que nos encontramos a nós próprios tudo fica mais fácil. 

 

...

O ser humano é muito ambicioso e quer tudo ao mesmo tempo. Queremos porque queremos e pronto. Às vezes temos mesmo de dar tempo às coisas e a nós próprios.Temos de dar a nós próprios tempo para respirar, repor as energias e continuar. Muitas vezes estamos tão focados numa coisa que nos esquecemos de nós próprios. Que nós importamos e que qualquer coisa que venha é um acrescento, e apenas isso. 

Depois de darmos esse tempo a nós próprios tudo melhora. Tudo parece mais claro, mais fácil. 

 

Diferenças

Muitas vezes fixamo-nos numa ideia. Queremos aquilo e queremos mesmo e não há nada que nos faça desistir daquilo. Esquecemo-nos é que se calhar aquele caminho não era o melhor para nós. Temos que perceber aquilo que precisamos. 

Há pessoas que precisam de um homem que seja descontraído e não queira saber, há pessoas que precisam de um homem que esteja sempre a falar com elas, há pessoas que precisam de um homem que seja organizado e as ajude a orientarem as suas coisas. 

Essencialmente o que temos de perceber é que precisamos de um homem que se dedique a nós, à sua maneira, claro, mas que se dedique. Que queira saber como nós estamos, que nos pergunte como correu o dia, que nos apoie. 

Todas as pessoas são diferentes e essa é outra das razões porque as coisas acabam. Num relacionamento tem que se dar e receber e quando uma das partes dá mais que a outra, então isso tem tudo para não terminar da melhor forma. É mesmo aquela questão de: eles não se souberam ter. É verdade. Acontece muitas vezes duas pessoas serem ótimas como amigas, terem muito em comum, mas quando tentam um relacionamento, não funciona. Basta quererem coisas diferentes e verem as relações de formas diferentes. Quando assim é e as duas partes não querem ceder, então o melhor mesmo é cada uma seguir o seu caminho. E neste caso há que aceitar que não deu, que já não era para dar e tentar encontrar alguém que tenha a mesma visão de vida, que queira a mesma coisa que nós. O importante mesmo é não entrar naquele pensamento constante de que: a culpa foi minha. Podia ter feito melhor. Porque é que não resultou quando tinha tudo para dar, etc,etc. 

É aceitar este caminho e perceber que merecemos melhor e o melhor irá aparecer. O importante é encontrar alguém que nos faça feliz. 

 

Realização

Há um misto de tristeza, alívio e irritação quando finalmente se percebe que aquele não era o caminho. Tristeza porque dedicamo-nos a algo que não iria resultar. Alívio porque já não nos sentiamos bem como a situação estava. Irritação porque constatamos que a pessoa que supostamente gostava muito de nós, já está a seguir em frente, à velocidade da luz. 

Então nós questionámo-nos: mas porque é que eu estou a perder tempo a pensar em quem nunca perdeu muito tempo comigo? 

Há que perceber e isso às vezes é difícil, que se não deu é porque não era para dar e que melhores coisas virão. Às vezes é preciso cair para nos levantarmos e é verdade. 

Done

 I´m done making a fool of myself! Chega a uma altura em que já não faz sentido procurar algo que não é possível. Ficar junto não é suposto ser assim tão difícil :) 

True

E chega a um ponto em que finalmente percebes que não queres mais. Chega a um ponto que já não te imaginas mais com aquela pessoa. Há uma altura em que percebes que realmente não queres estar com essa pessoa. Quando duas pessoas têm visões muito diferentes da vida não resulta, não adianta. Ou uma delas se diminui para caber no mundo da outra e fica naturalmente infeliz ou decide não se diminuir e viver feliz consigo própria longe daquela pessoa. 

Quando se gosta, gosta-se da pessoa no seu todo. Quando se gosta há adaptação, há compreensão e há uma luta constante para ficarem juntos. É isso que se quer, não é alguém que só quer passar um bocado e ir embora.

Há que ter isto em mente: love yourself first :)

 

Yes

 

E finalmente chega aquele momento em que sabes que acabou. Em que decides que é mesmo para esquecer. Não podes esperar mais. A vida anda para a frente e não podes ficar presa a algo que já não faz sentido.

...

Queres que ele volte. Fazes força mental para que ele volte. Sentes que têm tanto potencial e esse potencial todo desperdiçado. Tu queres que ele goste de ti, queres que ele esteja a mandar-te sinais, queres significar para ele mais que uma amiga, queres que fale contigo, queres que te diga tudo o que queres ouvir. Queres significar para ele o que ele significa para ti. Queres … . Parece que todos os caminhos te levam a ele. Tudo te lembra dele e mesmo quando não queres pensar nisso acontece alguma coisa que te lembra dele. Não há nada que possas fazer. Tudo te lembra dele. No fundo esperas que tudo o lembre de ti. Esperas que ele esteja tão assombrado contigo como tu estás com ele. Queres que as coisas que ele faz signifiquem alguma coisa e não sejam só coincidências ou coisas sem significado. Queres que ele faça alguma coisa. Queres que ele te diga que te quer a ti e a mais ninguém e que quer tentar as coisas a tua maneira ou que quer construir uma maneira de fazer resultar. Queres que ele sinta saudades tuas como tu sentes dele. Queres que ele sinta que falta algo como tu sentes todos os dias.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D