Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Conhecer pessoas

Conhecer pessoas novas não é fácil. Há sempre aquele primeiro impacto em que nenhuma das pessoas sabe muito bem o que dizer e depois durante a conversa de circunstância há sempre aqueles silêncios demasiado longos entre cada mudança de tema. 

Como evitar estes awkward moments? Não dá. Mesmo que se tente ser simpática/o e se tente disfarçar não dá. Fazer conversa é uma das atividade mais difíceis. Ainda assim, há sempre três ou quatro temas recorrentes que possibilitam sempre ter pelo menos algum tempo de conversa com a pessoa (se não se esgotarem os ditos temas em 5 segundos claro):

 

1- O clima: Começando-se a conversa da seguinte forma: então quem diria que hoje ia estar sol? E a resposta natural da outra pessoa será: sim, ainda bem, vi na meteorologia ontem e dava chuva de facto. 

 

2- A Universidade ou o trabalho que cada um dos intervenientes frequenta ou a atividade laboral que exercem. Neste tema consegue-se falar durante mais tempo, porque implica recuar bastante no tempo até ao momento em que andaram na universidade ou iniciaram o trabalho. 

 

3- Uma notícia televisiva de destaque daquele dia: por exemplo: não sei se viste hoje na televisão aquela notícia sobre política, mundo, desporto ou qualquer outro tipo de notícia de destaque? A pessoa pode responder: não, não vi. E acaba-se por aí a tentativa de conversa. Pode responder: não vi, mas o que era?. E aí temos a possibilidade de ao menos fazer um pouco mais de tempo a explicar a dita notícia da TV. Ou responde: vi sim. E pronto já ficam a conversar sobre a notícia durante uns largos minutos.

 

O ser humano é um ser social e naturalmente somos confrontados com a necessidade de conhecer outras pessoas. Temos que as conhecer pelos mais variados motivos: porque vamos para a escola e fazemos novos amigos, porque vamos para a universidade e criamos aquelas amizades que se prolongam para a vida adulta, porque vamos para um novo trabalho e temos de conhecer os diversos colegas que já lá trabalham e outros que virão para lá trabalhar.

 

Ainda assim conhecer pessoas, aquele primeiro impacto é sempre o mais difícil. Passar a conversa de circunstância e de falar sobre o clima para conversas profundas e com significado ainda demora um pouco, mas depois tudo flui com a maior das naturalidades felizmente. É só esperar que o tempo passe para aquele gelo e aquele impacto de conhecer a pessoa passe.

 

 

 

 

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    A lady 20.09.2017 09:15

    Sim, há pessoas com quem nunca temos aquela empatia, mas com quem nos temos de habituar a conviver. Há outras com quem temos aquela empatia imediata e aí é maravilhoso, a conversa flui e essas pessoas tornam-se nossas amigas, pessoas bastante chegadas a nós. Por isso vale sempre a pena passar por aquele momento dramático de conhecer pessoas novas, se isso implicar como consequência fazer novos amigos e pessoas com significado.
  • Imagem de perfil

    Sofia 20.09.2017 09:17

    Sim, sem dúvida!
    A não, ser que também haja o sentimento contrário, há pessoas que simplesmente não vou com a cara, tenho um sexto sentido, que há algo errado, não sei se já te aconteceu?
  • Imagem de perfil

    A lady 20.09.2017 09:24

    Sim já. Há pessoas que parece que já se sabe que não são grande coisa. Com essas pessoas falo um pouco mas de alguma maneira mantenho sempre alguma distância. Há pessoas que transpiram maldade pelos poros, nota-se logo a matéria de que são feitas.
    Mas também já me aconteceu pensar que a pessoa não era boa pessoa e enganar-me. Já me aconteceu ter ideia pré-concebidas sobre uma pessoa e ao conhecer-la mudei totalmente de ideia e percebi que aquilo que eu achava de mal nela era apenas um mecanismo de defesa que ela tinha. :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub