Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Experimentar

Somos o resultado daquilo que fazemos, daquilo que experimentamos. Se nunca arriscamos, se nunca tentámos algo novo, como vamos renovar-nos? Como sabemos como lidar com diferentes situações? 

Experimentar faz parte de ser humano. O Ser Humano é um ser curioso, temos uma curiosidade que está connosco desde que nascemos. Para aprendermos que não podemos tocar na travessa que acabou de sair do forno, temos primeiro de lhe tocar e perceber que queima. Para sabermos que não podemos saltar vezes sem conta, temos de ter caído à terceira vez que saltamos sem parar. 

Se nunca arriscamos, se nunca tentamos nada de novo, estaganámos. Sempre a fazer o mesmo. 

Às vezes olhamos à nossa volta e vemos pessoas que conhecemos há vinte anos atrás, exatamente a viver no mesmo sítio, a fazer as mesmas coisas, tudo como se há vinte anos se estivesse. Há pessoas que vivem felizes e satisfeitas com isso. Gostam da certeza do que têm hoje e não querem arriscar. Mas será que conhecem tudo o que têm a conhecer? Será que se conhecem a elas próprias verdadeiramente?

Dizem que uma forma de nos conhecermos é experimentarmos. As experiências e a nossa capacidade de nos adaptarmos às coisas novas, faz com que nos renovemos. Faz com que conheçamos cada vez mais facetas da nossa própria personalidade.

Será que quando não arriscamos, corremos na realidade o risco de nunca nos chegarmos a conhecer verdadeiramente? 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D