Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Mil e uma maneiras de ver as coisas

Talvez

As pessoas perdem muito tempo no talvez, não sei, hum… tenho de pensar. Porque fazem isto? Ora há várias razões para hesitar: têm medo de avançar para algo que não conhece; têm medo do que sentem pela pessoa; ainda não esqueceram outra pessoa com quem estiveram ou então estão tão habituadas a que andem atrás delas que não sabem o que é andar atrás daquilo que querem.

Antigamente as pessoas tinham mais garra. Andavam atrás daquilo que queriam, lutavam por aquilo que queriam. Hoje em dia perde-se muito tempo com hesitações. Perde-se muito tempo no “não sei e no talvez”.

Os tempos do jazz e dos bailes de sexta à noite eram mais divertidos.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D